Saiba como ouvir música offline no Spotify sem pagar nada aqui.


Internet de graça agora é possível! Saiba mais aqui.

19 de novembro de 2016

Análise: Smartphone Xiaomi Redmi Note 3


A Xiaomi estreou-se nos smartphones com corpo em alumínio com o lançamento do Redmi Note 3. Juntou-lhe um sensor de impressões digitais deu-lhe um preço baixo para criar um smartphone bonito, com excelente qualidade de construção e boas especificações.

CARACTERÍSTICAS:

O Redmi Note 3 é um smartphone Dual-SIM (micro-SIM) com ecrã de 5,5 polegadas, de resolução FullHD, tem um processador poderoso, com 2 GB de memória RAM e 16 GB armazenamento interno (versão em análise), sem suporte para armazenamento externo microSD. A bateria é “enorme”, de 4000 mAh, e vem fornecido com a versão 5.1.1 Lollipop, com a interface proprietária MIUI 8.


Na caixa vem o Redmi Note 3, na cor cinza, um cabo USB/microUSB, um carregador, o acessório para abrir o slot dos cartões SIM e os manuais de instruções rápidas.

DESIGN

A construção do Xiaomi Redmi Note 3 é em metal, onde existem dois apontamentos em plástico posicionados nas extremidades superior e inferior, possivelmente para não causar problemas na qualidade do sinal das redes sem-fios. A forma como a Xiaomi construiu esta traseira quase não permite que se distinga o metal do plástico.


Tratando-se de um smartphone com ecrã de 5,5″, a dimensão de toda a estrutura demonstra que houve um bom aproveitamento do espaço ocupado pelo ecrã, ainda que a moldura lateral pudesse ser um pouco mais fina. A sua espessura é de 8,7 mm e o peso de 164 g, valores que lhe proporcionam uma boa ergonomia durante a utilização, maximizada pelas laterais curvas.

Na frente, encontra-se também a câmara de 5 MP, os sensores de luminosidade e proximidade, o LED de notificações RGB e o altifalante, acima do ecrã. Em baixo encontram-se os botões capacitivos de Menu, Home e Retroceder, com retroiluminação durante a utilização.


Na lateral, em baixo, está colocada a porta microUSB e o microfone e na lateral direita os botões de volume e power. Do lado esquerdo existe o encaixe para os dois cartões microSIM e em cima está colocada a ligação áudio para ficha jack de 3,5 mm e o segundo microfone, para permitir gravação de som em stereo. Está ainda disponível um LED infra-vermelhos que serve de controlo remoto universal.

Na traseira em cima encontra-se a câmara de 13 MP, o duplo flash LED de dois tons e o sensor de impressões digitais. Em baixo está colocado o altifalante principal, que reproduz som de boa qualidade se for segurado com a mão ou estiver numa mesa virado para cima. Se o smartphone estiver pousado numa superfície com o ecrã virado para cima, a qualidade sonora sai um pouco prejudicada por falta de espaço para a sua propagação. A capa traseira e a bateria não são removíveis.

INTERFACE E DESEMPENHO:

O sistema operativo MIUI é produzido pela Xiaomi e suportado também por uma enorme comunidade, pronta a colaborar no seu desenvolvimento. Atualmente a versão mais recente é a MIUI 8, uma interface rica, desenhada ao pormenor, leve e muito bem optimizada.


O sensor de impressão digital, que é também um elemento da interface de utilização, é uma novidade que surge com toda a classe neste Redmi Note 3. Desde a sua localização no smartphone, à aparência e velocidade de resposta, esta é uma funcionalidade que, até agora, só era digna de existir com esta qualidade em smartphones topo de gama.

A configuração é muito simples e rápida e a utilização… mais simples não poderia ser.


Não é necessário activar o ecrã para que a impressão digital seja lida. Tal como na generalidade dos smartphone que já possuem este tipo de sensor, basta encostar o dedo ao sensor para que o ecrã ligue, desbloqueie e surja o Homescreen ou a última aplicação utilizada. A Xiaomi anuncia como uma reação de 0,3 segundos.

O Redmi Note 3 tem um bom desempenho em geral. A aplicações abrem rapidamente, incluindo a câmara, e o desempenho gráfico nos jogos é bom, ao nível de um smartphone de gama média.


Em termos de pontuação no AnTuTu v6.0.2, o Redmi Note 3 obtém 45340 pontos.

CÂMERAS:

As câmaras do Redmi Note 3 são equilibradas, dentro do que se espera nesta gama, e a aplicação nativa da câmara tem as funcionalidades básicas exigidas, incluindo HDR, modo panorama, modo manual com ajuste de brancos e ISO, modo gradiente (para capturar fotos sempre direitas), ajuste de tom de pele, modo de cena (retrato, paisagem, desportos, noite, retrato noite, praia, neve pôr do sol, fogo de artifício), detecção de rosto e 12 filtros.

A câmara principal conta com um sensor de 13 MP, vem com um flash LED de dois tons e grava 1080p a 30fps. A câmara frontal é de 5 MP e também grava vídeo a 1080p.


O resultado final das imagens capturadas é bastante bom tanto em ambientes com luminosidade natural quanto artificial e a câmara frontal também revelou ter boa qualidade, sendo uma vantagem para quem gosta de tirar selfies. De seguida estão alguns exemplos de fotos.

VEREDITO FINAL E ONDE COMPRAR:

Mais uma vez, a Xiaomi fez uma aposta com “pés e cabeça”, com características que muitos ambicionam atualmente e a um preço imbatível, tendo em conta a qualidade.

O desempenho em geral é bom, enquadrado com o segmento, e a bateria de 4000 mAh dá-lhe uma autonomia de pelo menos 2 dias, podendo chegar a 3 dias dependendo do tipo de utilização. Esta é uma excelente opção para quem procura smartphones com preços baixos mas com qualidade correspondente à gama superior.

O Xiaomi Redmi Note 3 pode ser adquirido na Gearbest para a versão de 16GB/2GB RAM ou para a versão de 32GB/3GB RAM. Clique aqui para ser redirecionado para a loja e aqui para adquirir cupom de desconto. Eu adquiri o produto nessa loja, e chegou em um mês. Comprei dia 17/10 e chegou em 17/11.

Saiba como entrar no nosso grupo do Telegram ou Whatsapp aqui.

Crie links de convite para grupos do Whatsapp! Saiba como aqui.